Conversas cruzadas

Monday, December 19, 2005

Concretizar sonhos e fazer novos recomeços...


(foto gentilmente cedida por jose_alberto e retirada do forum-mergulho)

Estamos a chegar a uma altura em que tudo nos parece mais brilhante. Onde até as pessoas reaprendem a sorrir. Infelizmente, mal termina esta época, tudo volta ao mesmo.

Confesso, que gosto do Natal. pelo que representa, e não por aquilo que as pessoas o transformaram. Não me sinto tão deslocada emocionalmente. Não sei se vos acontece...

Não ofereço muitas prendas. Porque me recuso a comprar/fazer ofertas, para pessoas que não tenho em consideração no tal patamar que transforma as relações. Muitas vezes, adoraria dar um pouco mais... fruto do enorme carinho que tenho pelas pessoas que foram marcando a minha existência, mas como não ganhei o euro milhões, contentem-se com o que receberem. De qualquer maneira, é um símbolo, uma pequena lembrança, de agradecimento, por estarem na minha vida. O resto, as minhas acções ditam os meus sentimentos. :)

Nesta altura do ano, fico um pouco mais nostálgica. Sinto falta de pessoas, que já não estão comigo... outras que estão longe. E estando esta época ligada à família, relembro momentos, dos quais sinto falta, nomeadamente, da época quando me reunia com os meus primos, onde se gerava algazarra (não mudou muito...); quando os meus avós paternos eram vivos... e ia até passar o natal na beira baixa... onde eles tinham uma casa de pedra, com os tais dois pisos, onde se conversava à lareira, recebendo eu o colito do meu avô com aquela barba que picava como o caraças, mas que eu adorava.

:p Mas, continuando, desejo-vos um santo natal, que os vossos sapatinhos tenham tudo o que pediram. Que todos os vossos sonhos, se tornem realidade. E que os recomeços ... sejam mais doces do que os começos. :)

Proponho um brinde a nós!

Tchin tchin...

Para as anginhas; toni e restantes amigos

Um santo natal, com ou sem crença... mas de coração. Porque o natal vai além das religiões. Supera raça; credo... e chega a tudo e todos.

beijokas

Sunday, December 04, 2005

Post cultural


Palavras para quê?